Complementando o post anterior sobre as evacuações dos recém-nascidos, fiquei devendo falar sobre os bebês que mamam fórmula artificial ou que estão em aleitamento misto (fórmula + leite materno). 👼😊

Então vamos lá…

O que é importante saber?

As fórmulas hoje em dia tentam ser o mais parecidas possíveis com o leite materno e a semelhança é significativa, mas JAMAIS exata!

Bem resumidamente falando, as fórmulas artificiais possuem substâncias que não são tão bem digeridas pelo bebê quanto o leite materno, por isso na maioria das vezes o que vemos na prática são bebês que evacuam com MAIS DIFICULDADE após a introdução do complemento, pois a digestão é mais lenta e o alimento passa mais devagar pelo trato gastrointestinal.

A grande maioria das fórmulas (salvo algumas poucas exceções) possui em sua composição proteínas do leite de vaca (🐄🙈), que já sabemos que são substâncias capazes de desencadear processos alérgicos. Dessa forma, a flora intestinal também sente o processo inflamatório causado por esses componentes, por isso é muito comum as famílias relatarem uma mudança no hábito intestinal da criança quando acontece a introdução das fórmulas infantis (geralmente fezes mais endurecidas e com frequência menor).

Apesar de serem a MINORIA, alguns bebês, após a introdução da fórmula, podem AUMENTAR a frequência das evacuações. Nesses casos, vale o comentários dos bebês que mamam somente no peito, ou seja, evacuar A CADA MAMADA, desde que a criança esteja super bem, pode ser NORMAL e não diarreia (mas converse sempre com o pediatra para que ele possa avaliar o que é normal ou não).

Independentemente do tipo de amamentação, vale a mesma regra dos sinais de alerta para procurar ajuda médica: evacuações com sangue, muco, pus ou esbranquiçadas 👉 procure seu médico!

Para finalizar, dois recados importantes:

Converse sempre com seu pediatra sobre a real necessidade ou não do uso de fórmulas (existem muitas técnicas para insistir na amamentação) e, se por qualquer motivo, realmente não der certo a amamentação, não se sintam MENOS mães, minhas queridas! Vocês são todas MUITO maravilhosas!

Por: Dra. Bianca Mello Soto
Pediatra da Nutrindo Ideais