Fitoterapia

Screen Shot 2014-10-24 at 2.39.49 PM

A fitoterapia é o consumo de plantas com finalidades terapêuticas e vem sendo usado desde os tempos mais remotos, porém com o avanço das ciências foi possível validar e aperfeiçoar este uso.
O nutricionista sempre pode usar tais recursos na forma de alimento funcional e de chás, no entanto com a Resolução do CFN n 402, de 30 de julho de 2007 que regulamentou a prescrição fitoterápica pelo nutricionista, foi assegurado para o profissional o direito de poder inserir em suas prescrições dietéticas o uso de plantas medicinais e, além disso, poder prescrever fitoterápicos nas suas mais diversas formas para uso interno.

Com a atualização desta resolução, entrou em vigor em 25 de junho de 2013 a resolução CFN n 525/ 2013 que autoriza o nutricionista a adotar a fitoterapia para complementar a sua prescrição dietética somente quando os produtos prescritos tiverem indicações de uso relacionadas com o seu campo de atuação e estejam embasadas em estudos científicos ou em uso tradicional reconhecido. Ressalta a Resolução que, ao adotar a Fitoterapia, o profissional deve basear-se em evidências científicas quanto a critérios de eficácia e segurança, considerar as contra indicações e oferecer orientações técnicas necessárias para minimizar os efeitos colaterais e adversos das interações com outras plantas, com drogas vegetais, com medicamentos e com os alimentos, assim como os riscos da potencial toxicidade dos produtos prescritos.

A fitoterapia também age como uma grande aliada da nutrição.